São Paulo
A medida será válida para escolas públicas e privadas e vai ser estendida pra todas as esferas de ensino: educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e ensino superior.
TAB1
Sala de aula superlotada | Blog da Fanfi

Com a suspensão das aulas desde o mês de março, devido à pandemia, onde as escolas seriam foco de disseminação do coronavírus.

O governo golpista de São Paulo, João Doria,  anunciou em uma coletiva o retorno às aulas presenciais no estado acontecerá a partir do dia 8 de setembro. A volta será feita em três etapas e começará com até 35% dos alunos presenciais, a segunda com 70% e depois 100%.

A medida será válida para escolas públicas e privadas e vai ser estendida pra todas as esferas de ensino: educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e ensino superior.

É um absurdo, pois estamos no auge da pandemia, não devemos discutir reabertura das escolas, pois as escolas são lugares inóspitos, onde não há estrutura para manter uma higiene pessoal, não há pias suficientes nas escolas, falta banheiros com sabão, álcool em gel e toalha de papel descartável.

O momento é de manter a suspensão até dezembro, pois o governo golpista não apresentou nenhuma reforma das escolas para conseguir voltar as aulas com os protocolos de segurança contra o coronavírus.

O governo BolsoDoria está reabrindo bares e restaurantes e anunciando a volta as aulas, como se a pandemia tivesse controlada, a mortandade e o números de infectados somente aumentam. A única política parcial e de poucos que era o de #Fica em Casa, já era, pois todo o comércio já reabriu e os bares e restaurantes vão reabrir na segunda dia 29 de junho.

Para os golpistas o que importa é o lucro dos banqueiros, não há política de contenção da pandemia, através de testes massivos da população, ampliação dos leitos de UTI, distribuição de máscaras e outros equipamentos de proteção individual.

A política dos golpistas é do salve-se quem puder, infelizmente a população está pagando com a própria vida, diante do descaso dos governos inimigos do povo.

Infelizmente a esquerda pequeno burguesa que em sua maioria é composta pela pequena burguesia embarcou na política genocida da direita do #ficaemcasa, como se a maioria do povo pudesse escolher, a maioria continuou trabalhando, não tem essa opção, muitos que perderam o emprego tiveram que ir para informalidade, pois os 600,00 não da pra sustentar uma família.

Pela suspensão do ano letivo sem penalizar professores e alunos, pois o melhor agora é manter as escolas fechadas. Garantir aos alunos uma ajuda extra com alimentação, pois estão sem a merenda, pagamento integral para os professores sem aula, pela suspensão do EAD, pois é uma farsa, onde mais de 40% da população não tem equipamentos e nem internet para acompanhar as aulas. Se a escola reabrir, é preciso começar uma greve por tempo indeterminado para poupar a vida dos alunos e professores.

Relacionadas
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments