Menu da Rede

Anterior
Próximo

Ataque contra a cultura

Governo tucano prepara desmonte do conservatório de Tatuí

Governo golpista de SP reduz as vagas para o estudo no Conservatório de Tatuí em quase 25%, extingue cursos e privatiza a instituição.

Tempo de Leitura: 2 Minutos

Frente do Conservatório de Tatuí – Foto: Paulo Rogério

Publicidade

O tradicional Conservatório de Tatuí é uma das mais importantes instituições de cultura do Estado de São Paulo. Recentemente, o governo golpista do PSDB decidiu romper o contrato com a atual gestora, a Abaçaí Cultura e Arte, para isso, no último dia 7 deste mês, uma organização social propôs um plano estratégico para a entidade. A proposta se resume em cortar os cursos de choro e de teatro, diminuir o número de vagas em aproximadamente 23% e “reinventar” alguns cursos.

Alguns pontos são importantes de ressaltar. Trata-se de um ataque à cultura promovido pelos golpistas do PSDB para precarizar e desmantelar um dos mais importantes conservatórios do Estado. As OSs , ditas “organizações sociais”, nada mais são do que as empresas de alguns empresários que gerenciam as instituições públicas em diversas áreas, ou seja, privatização. Como sabemos devido à ampla gama de exemplos, a privatização sempre vem acompanhada com prejuízos.

Na tal proposta feita pela Sustenidos Organização Social de Cultura propõe o encerramento das habilitações de flauta transversal de choro, percussão de choro, violão de choro, acordeão MPB e do curso de cenografia. Com isso, estas habilitações seriam “incluídas” no curso de Música Popular Brasileira. Também propõe diminuir os grupos de teatro mantidos pela instituição, apesar de dizer que as artes cênicas necessitam de “expressivo investimento”.

Outra proposta seria a de aumentar o salário dos professores pois, segundo eles, o salário é “praticamente impeditivo quando se fala na intenção de atrair para o quadro novos professores que não morem na cidade, com a trajetória necessária para se atender uma instituição de peso”. Esta proposta vem juntamente com uma série de críticas aos cursos oferecidos pela instituição, dizendo inclusive, que “Caso essa reformulação não se mostre viável do ponto de vista financeiro e não seja considerada prioritária pela Secec, acreditamos que não faz sentido manter o curso de artes cênicas operando no formato atual”.

É uma ameaça direta de extinguir a formação de artes cênicas, que ainda sim, ficaria prejudicada segundo o projeto que consta somente dois cursos: teatro adulto e teatro infantil. Segundo a OS, a explicação seria disponibilizar sem restrições os dois cursos e aumentar as cargas horárias e extensões do curso.

A intenção é claramente a de aumentar a remuneração da empresa sem oferecer melhoria de qualidade para os cursos e se adequando aos cortes de verba constantes no ensino brasileiro. Além de comprometer a formação musical com extinção de cursos, os cursos restantes se dividiriam em dois: música popular e música de concerto. Segundo a OS, nada deixará de ser ensinado, seria só uma simplificação.

Em reunião para decisão da nova gestão, a OS disputou com a Associação Orquestra Sinfônica Nacional, porém, foi alegado que a AOSN não seria habilitada para gerenciar o Conservatório pois “não seria uma Organização Social de Cultura”, uma empresa. Isto revela que o intuito da mudança, com quebra de contrato e tudo, é a privatização da Instituição.

Apesar de que organização alegue que vai chamar a comunidade acadêmica e universitária para debater e aprovar legalmente as mudanças, é bastante improvável que os estudantes, pais e professores concordem com tamanho ataque de bom grado. Por isso, é preciso denunciar os ataques à cultura que são feitos pelo PSDB e pelos golpistas à Cultura e pedir a saída dos inimigos da Cultura em São Paulo e no Brasil todo. Fora Bolsonaro, PSDB e demais golpistas!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Atos pelo fora Bolsonaro devem barrar o verde e amarelo - Reunião de Pauta nº 744 - 21/06/21

0 Visualizações 11 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend