Ditadura bolsonarista
Após divulgação de gastos milionários com doces e pizzas, governo retira do ar Portal da Transparência.
23/08/2019. Credito: Ed Alves/CB/D.A. Press. Brasil. Brasilia - DF. Politica. Cerimonia Dia do Soldado. Presenca do Presidente Jair Bolsonaro com o comandante do Exercito Leal Pujol. Local. Setor Militar Urbano de Brasilia.
O presidente ilegítimo, Jair Bolsonaro, em conversa com general no dia do soldado em Brasília. | Foto: Ed Alves/CB/D.A. Press.
23/08/2019. Credito: Ed Alves/CB/D.A. Press. Brasil. Brasilia - DF. Politica. Cerimonia Dia do Soldado. Presenca do Presidente Jair Bolsonaro com o comandante do Exercito Leal Pujol. Local. Setor Militar Urbano de Brasilia.
O presidente ilegítimo, Jair Bolsonaro, em conversa com general no dia do soldado em Brasília. | Foto: Ed Alves/CB/D.A. Press.

O governo ilegítimo e fascista de Jair Bolsonaro deu mais uma prova de que é um governo ditatorial. Desta vez, retirou do ar o Portal da Transparência após terem sido divulgados gastos homéricos com produtos como leites condensados, pizzas, doces, batatas fritas, entre outros.

Segundo o divulgado, Bolsonaro teria comprado mais de R$15 milhões em latas de leite condensado. O valor é mais do que o dobro do que foi gasto com arroz (R$7,6 milhões).

A deputada federal, Jandira Feghali (PCdoB-RJ), publicou, no Twitter, que a empresa fornecedora dos produtos claramente superfaturados e supermensurados está localizada no subsolo de um bairro residencial de Brasília.

Fica óbvio a todos que trata-se de uma empresa fantasma.

Relacionadas
Send this to a friend