Coronavírus
Jair Bolsonaro não quer dar a dinheiro para os trabalhadores informais durante o período do coronavírus, mas não tem problema nenhum em gastar com baqueiros
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O presidente Jair Bolsonaro faz pronunciamento oficial sobre a declaração de pandemia do coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
Jair Bolsonaro, fascista presidente do Brasil |

Mesmo após abrir os cofres e gastar 1,2 trilhões para salvar os bancos da crise enquanto a população morre por falta de recursos do SUS e de fome, Bolsonaro e seu governo não querem mexer uma palha para impedir um genocídio no Brasil. Paulo Guedes, agora, tenta dar a desculpa de que é necessária uma PEC para que o auxílio de R$ 600,00 aos trabalhadores informais possa ser aprovado.

Segundo o ministro da economia, seria necessária uma mudança na constituição por meio de uma PEC para mudar a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Além de tentar abrir um precedente para que se possa ficar mexendo na constituição sempre que lhes der vontade, o governo tenta atrasar o benefício do auxílio aos trabalhadores informais, inventando novas dúvidas e tentando fazer isso por meio de uma PEC, que demoraria bem mais do que uma medida provisória (MP).

Os R$ 600,00 já são uma esmola para o trabalhador, muito diferente dos 1,2 trilhões que o governo já destinou aos banqueiros por meio do Banco Central (valor que equivale a 16,7% do PIB nacional). Mesmo assim, as desculpas de Jair Bolsonaro e sua turma de fascistas, que querem mesmo é ver a população brasileira morrer.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas