Governo Maduro entregou 2,3 milhões de moradias em toda a Venezuela

27.-MIsionVivienda_SC16

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, realizou nesta quinta-feira, durante o encerramento do I Congresso Vivendo Venezuelano, a entrega da unidade habitacional número 2,3 milhões.

“Vamos entregar a moradia  2,3 milhões no estado de Lara, outra demonstração de meu amor e da lealdade ao Comandante Chávez”, afirmou através de uma transmissão conjunta de rádio e televisão, no Quartel da Montanha.

A governadora do estado de Lara, Cármen Meléndez, inaugurou o marco da obra, construída pela Grande Missão Moradia Venezuela (GMVV, na sigla em espanhol), na urbanização Vista Verde, onde foram entregues 99 apartamentos.

A moradia 2,3 milhões foi entregue -com seu título de propriedade- para a carateca venezuelana Yoana Sánchez, que manifestou sua alegria “por este sonho feito realidade” já que será o lugar onde suas filhas cresceram.

Nicolás Maduro destacou que a meta para o final de 2018 é atingir 2,5 milhões de moradias.

O presidente venezuelano destacou a importância deste programa social apesar das adversidades.

“Houve na Venezuela uma revolução da arquitetura. Da engenharia. Uma grande missão que não poderão tapar no mundo. 2,3 milhões com guerra econômica, financeira, perseguição, sabotagem, e nada nem ninguém nos deteve e nada nem ninguém vai nos deter no caminho ao futuro”, enfatizou.

Este plano foi criado em 2011 por iniciativa do comandante Hugo Chávez, para atender inicialmente as famílias venezuelanas que perderam suas casas por causa das fortes chuvas registradas no país no final de 2010 e começo de 2011.

A meta do governo bolivariano para o período 2019-2025 é construir cinco milhões de casas próprias dignas.

Fonte: Agência Venezuelana de Notícias (AVN)