Crise política
Partido do ex-primeiro-ministro Matteo Renzi se retira de coalizão governista, ameaçando governo do atual premiê Giuseppe Conte.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
giuseppe
Giuseppe Conte | Reprodução/Facebook

O ex-primeiro-ministro Matteo Renzi, líder do partido Itália Viva, anunciou nesta quarta-feira (13) a saída das ministras da Agricultura e da Família, o que provocou a perda da maioria da coalizão que governa o país.

A crise política já havia se iniciado há algumas semanas com ameaças de Renzi de saída da coalizão governista. A maior crítica ao governo de Conte é com relação ao enfrentamento do governo à pandemia

O país europeu enfrenta a pior situação econômica desde o pós-Guerra e está em segundo na lista de maior quantidade de mortos pela Covid-19, somente atrás da França.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas