Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O governo golpista vem cumprindo fielmente a agenda e o programa exigido pelos financiadores do golpe de Estado de 2016. Os capitalistas, que há muito vêm seus lucros despencarem como resultado da crise mundial e histórica do moribundo capitalismo, não têm limites para levar adiante a sua política de espoliação, selvageria e expropriação dos ativos nacionais.

Desde quando assumiu em definitivo, de forma clandestina e ilegal a cadeira presidencial, Temer e seus asseclas nos ministérios e no congresso nacional vem promovendo uma verdadeira devastação não só nos direitos e nas conquistas dos trabalhadores e das massas populares, mas também e principalmente atacando a soberania nacional, com a entrega de importantes empresas estatais estratégicas à economia e ao patrimônio público.

A ordem da quadrilha golpista lesa-pártria do Planalto é entregar tudo o que for possível para a iniciativa privada e também para o grande capital internacional. O Pré-sal, a Embraer, a Eletrobrás e a base militar de Alcântara são os primeiros a fazerem parte do pacote de destruição e do festival de entrega e liquidação que os golpistas estão promovendo.

Portos, aeroportos e rodovias estão na alça de mira dos golpistas e a lista não para por aí. Bancos estatais e outras empresas também fazem parte da farra das privatizações. Sob o comando da quadrilha golpista,  o país caminha velozmente para a liquidação de todo o seu patrimônio.

A mais recente entrega é nada menos do que o novo aeroporto de Vitória. Após “custar um total de R$ 694,7 milhões aos cofres públicos, o novo aeroporto será vendido juntamente com o Aeroporto de Macaé, no norte fluminense, por um valor pouco superior a isso: R$ 712 milhões” (site Hoje Interessa, 08/03). Um super negócio para quem adquirir a concessão/exploração, a exemplo do que já vem sendo feito em várias outras “privatizações” (leia-se entrega).

Alardeado aos quatro cantos como um governo que viria para construir uma “ponte para o futuro”, os golpistas não conseguem ocultar qual o verdadeiro (mal) caráter do governo: uma malta de gangsters a soldo dos grandes capitalistas que atuam no sentido de atacar as massas empobrecidas do país, ao mesmo tempo que promovem a maior de todas as devastações no terreno da economia, leiloando e liquidando o patrimônio construído as custas do esforço de centenas de milhões de brasileiros que hoje são jogados na miséria pela política de fome e destruição dos golpistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas