Governo fascista tenta calar o povo na maior festa popular brasileira!

Sabemos que o atual governo ilegítimo do Bolsonaro não possui apoio popular, como pudemos ver no Carnaval, onde milhares, até mesmo milhões de pessoas, estavam nas ruas para gritar “Ei Bolsonaro vai tomar no c*”, mas é preciso se atentar que tal governo entreguista possui como aliados governadores tão fascistas quanto seu presidente.

Estamos falando aqui de três estados em particular, São Paulo com Doria, Rio de Janeiro com Wilson Witzel e Minas Gerais com Romeu Zema. Tais governadores, entreguistas, fascistas e impopulares, ao verem a mobilização popular incitando palavras de “Fora Bolsonaro” e “Liberdade para Lula” trataram de tentar oprimir tais manifestações, poucos atos foram reprimidos, mas em sua maioria os carnavalescos estavam nas ruas ofendendo e denunciando este governo golpista.

Temos que lembrar que estes três Estados juntos são a parte mais rica do Brasil, os Estados onde há a população mais rica, instruída e também aquela mais ativa politicamente, não é a toa que foram os lugares onde mais se tentou reprimir as manifestações populares. Para que a ditadura bolsonarista se implante com mais firmeza será necessário calar totalmente mineiros, cariocas e paulistas. E não podemos deixar que tal ditadura se instale no Brasil, temos que nos unir, unir a toda a esquerda, irmos para as ruas gritar não à repressão, “Liberdade para Lula” e “Fora Bolsonaro”.

Abaixo veja o vídeo de nosso companheiro Rui Costa Pimenta durante a Análise da Semana, programa que vai ao ar todos os sábados às 11:30 hr da manhã, onde são apontados e discutidos os principais temas da semana.