Educação
O governador tucano determina a volta às aulas e aplica a política bolsonarista de “deixar morrer quem tiver que morrer” nas escolas do Rio Grande do Sul.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
3a8c193ca507e644bad8efe4d3dc680b
Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). | Reprodução.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB),  publicou um decreto que determina a volta às aulas nas redes pública e privada  de ensino para o dia 8 de setembro.As escolas de educação infantil serão as primeiras a retomar as atividades.

A retomada das aulas presenciais nas modalidades ensino médio e superior estão previstas para o dia 21 de setembro. Trata-se da mesma política proposta pelo presidente Jair Bolsonaro, de “deixar morrer quem tiver que morrer”.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas