Genocidio total
Ministério da Saúde não compra testes importantíssimos para HIV e hepatite.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
(Brasília - DF, 16/01/2020) Palavras do General de Divisão, Eduardo Pazuello.
Foto: Anderson Riedel/PR
Eduardo Pazuello, mais um incompetente (e fascista) Ministro da Saúde. | Foto: Anderson Riedel/PR

O ministro da saúde, Eduardo Pazuello, que gabou-se de sua formação em logística, conseguiu a proeza de, além de não testar a população para o Coronavírus, também deixar o Sistema Único de Saúde (SUS) desprovido de testes para HIV e hepatite C.

O Ministério da Saúde, que deveria ter fechado novo contrato de compra dos testes desde 7 de outubro, não avançou no processo licitatório, deixando milhões de brasileiros sem acesso aos testes.

Trata-se de mais uma etapa no processo de desmanche do SUS com o intuito de privatizar totalmente o setor de saúde e reduzir a classe trabalhadora à miséria e a doença. Um verdadeiro plano de genocidio em escala massiva.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas