Em plena pandemia
Levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado indica que há 149 obras da área da saúde paralisadas no Estado de São Paulo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
O governador Márcio França, realiza visita ao Hospital das Clínicas de Suzano. 
Local: Suzano/SP Data: 20/10/2018. Foto: Governo do Estado de São Paulo
Fachada do Hospital Auxiliar de Suzano em obras. | Foto: Reprodução

Segundo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), 149 obras na área da saúde estão paradas ou atrasadas, 140 delas são de responsabilidade das prefeituras e 9 são de responsabilidade do governo do Estado. Embora, em menor número, as obras do governo Estado correspondem a um valor financeiro maior.

Algumas dessas obras são o Complexo Hospitalar do Cotoxó e a reforma do Hospital Auxiliar de Suzano.

Os levantamentos indicam que, caso as obras estivessem prontas, o sistema de saúde do Estado não estaria afogado diante da pandemia da Covid-19.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas