HAMBURGUER_1
SHARE
COMANDO DE GREVE

Governo de São Paulo corta transporte de quase 2 mil alunos

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

A Secretaria Estadual de Educação suspendeu o transporte escolar para quem mora a menos de 2km da escola  e para quem “não enfrenta barreiras pelo caminho” em Santo André e outras duas cidades próximas.

Em Santo André, 1.265 alunos perderam o transporte. Em uma escola do bairro de Cidade Recreio da Borda do Campo, constatou-se que os alunos precisam passar por vias sem calçada para chegar à escola e há pontos do caminho que também não são pavimentados. Na cidade de Rio Grande da Serra, perto da região do ABC, também foi cortado o  transporte.

No município vizinho de Ribeirão Pires, os alunos estão sem transporte, muitos alunos voltam de ônibus sozinhos.

A Secretaria de Educação do Estado diz que a Diretoria de Ensino de Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires podem retomar o transporte escolar dependendo da situação de cada aluno. Em Santo André, o resultado da licitação do transporte escolar foi contestado na Justiça, mas a previsão, segundo os órgãos competentes, é que o problema seja resolvido no curto prazo.

Enquanto a secretária arruma desculpas é o aluno que é penalizado com sua ida a escola sem transporte. A intenção dos golpistas é privatizar o ensino público, atacando desde já o aluno que tem o transporte, o material e a merenda, itens fundamentais para o bom funcionamento da escola, cortados.

Quando o transporte fica por conta do aluno, nem sempre as famílias podem arcar com os custos. Isso esvazia a escola e prepara a liquidação do ensino público em favor das escolas privadas. Aí já não se tratará de falta de condições para os alunos irem à escola, mas sim de falta de escolas para os alunos frequentarem. Estamos à metade do caminho.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Trótski: vida e obra | Curso completo (35ª Universidade de Férias do PCO)

1.5K Visualizações 12/06/2021 18:28

Watch Now

Send this to a friend