Quarentena
Governador e prefeitos concordam em aumentar quarentena noturna e restrição de atividades ao verificarem contínuo avanço da pandemia no Estado.

Por: Redação do Diário Causa Operária

O governador da Bahia, Rui Costa Oliveira do PT, anunciou na noite desta terça (02) a prorrogação do toque de recolher das 20h às 5h da manhã em todo o Estado até 1º de abril, estendendo a medida que já estava valendo desde a última sexta (26), após reunião com os prefeitos da reunião metropolitana.

Pela determinação, à partir desta quinta (04) as atividades não essenciais estão liberadas no Estado, exceto nos finais de semana e em Salvador e região metropolitana, nas quais somente funcionarão as chamadas atividades essenciais.

Segundo o governo do Estado serviços e atividades essenciais serviços são aquelas relacionadas à saúde e ao enfrentamento da pandemia, como transporte, serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde, bem como à comercialização de gêneros alimentícios e feiras livres, à segurança e a atividades de urgência e emergência.

As medidas mais restritivas do chamado lockdown valerão para as cidades da região metropolitana que são: Salvador, Lauro de Freitas, Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz.

Segundo boletim da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab) nas últimas 24 foram registradas 5.329 casos de contaminação pelo coronavírus e 112 mortes.

Apesar das medidas de repressão, pouco ou nada foi anunciado sobre o transporte coletivo e sobre as condições de trabalho, fora do horário noturno.

Send this to a friend