Governo Bolsonaro não investirá em infraestrutura: todo o dinheiro irá para os banqueiros
obra3
Governo Bolsonaro não investirá em infraestrutura: todo o dinheiro irá para os banqueiros
obra3

Com o desenvolvimento do governo cambaleante, ilegítimo e miliciano de Messias Bolsonaro fica claro para que foi dado o Golpe.

Da mesma forma que com os escândalos de corrupção e agora com o envolvimento direto com as milícias que efetuaram o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), ficou claro que o discurso de luta contra a corrupção era pura demagogia, fica ainda mais claro que o discurso de que para a economia entrar nos eixos era só tirar o PT também não passava de outra demagogia ainda mais descarada.

Sob responsabilidade do Ministro da Economia, o “Chicago Boy” Paulo Guedes (PSL), os investimentos em infraestrutura em logística e transportes, energia, telecomunicações e saneamento devem ficar estagnados em 1,80% do Produto Interno Bruto (PIB), antes 1,87% em 2018.

Vale lembrar que as ratazanas da grande imprensa golpista que trabalha diretamente para os interesses da burguesia e do Imperialismo chamava o PIB de Dilma (PT), de 2,5% de “pibinho” e que depois do Golpe, chamava o PIB da raposa do PT (Michel Temer) de 0,1% de “retomada do crescimento”.

Esse sucateamento da infraestrutura é tramado sob medida pelos golpistas, uma vez que estes querem desestatizar o país para que o Brasil possa ter sua indústria totalmente destruída para ser entregue aos grande monopólios e bancos imperialistas.
Isso fica claro na proposta de entrega do metrô, privatização das estradas, aeroportos e do Instituto Butantã para o capital estrangeiro feita em Davos, na Suíça, pelo governador eleito pela fraude eleitoral, João Dória (PSDB).

Enquanto de um lado Dória trabalha para vender São Paulo, de outro Bolsonaro tenta passar a Reforma da Previdência enquanto articula a privatização da Eletrobrás, Casa da Moeda do Brasil, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Banco do Brasil, Base de Alcântara, ao mesmo tempo que Sérgio Moro (PSL) viabiliza a criminalização das greves, manifestações e da própria existência das frentes e partidos de esquerda. Isso tudo sem mencionar o principal: ignorou de todas as formas a constituição e prendeu sem provas o candidato quer iria ganhar as eleições no primeiro turno (Lula) para receber como prêmio um ministério no governo do presidente ilegítimo e fantoche dos Estados Unidos.

Assim atua o Imperialismo e seus serviçais. Montaram a a Operação Lava-Jato para destruir as empreiteiras brasileiras, que apesar de toda a corrupção e exploração dos trabalhadores, ao menos realizavam obras de infraestrutura, para agora leiloar o que sobrou do Brasil.

Dessa forma a esquerda e todas as suas frentes e movimentos precisam tomar compreensão da proporção do Golpe, abandonar suas ilusões parlamentares e alianças com golpistas e aproveitar a fragilidade e impopularidade do governo Bolsonaro para levar as bases para as ruas num movimento revolucionário e num grito de ordem único pelo: #ForaBolsonaroETodosOsGolpisas e #LiberdadeParaLulaETodosOsPresosPoliticos