Fim da estabilidade
Governo enviará amanhã a PEC ao Congresso para acabar com a estabilidade de servidores e poder ameaçá-los de demissão, caso reajam aos ataques.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Bolsonaro e Guedes
Bolsonaro e Guedes, a dupla que chama servidor de parasita. | Foto por: reprodução.

Conforme vinha sendo anunciado por diversas figuras do governo, principalmente o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a PEC da chamada “Reforma administrativa” será entregue amanhã (03/09) no Congresso Nacional, segundo informação do Congresso em Foco.

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) visa alterar vários aspectos na regulamentação do serviço público, como o fim da estabilidade para quase todas as categorias, ampliação do estágio probatório entre outros.

Na verdade, a proposta visa atacar um direito fundamental dos servidores públicos e comum em diversos países, para permitir maior controle e maior perseguição dos trabalhadores para que não se organizem e lutem contra os ataques que do governo e da direita.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas