Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O governador da Bahia, Rui Costa, do PT, deu uma entrevista para o UOL (Folha de S. Paulo) afirmando que o PT deve “virar a página” do impeachment e precisa cogitar a possibilidade de apoiar o candidato de outra legenda caso Lula seja preso.

Entre as afirmações feitas pelo governador petista, que se coloca no terreno dos golpistas, está a ideia capituladora de que o PT deve partir logo para o “plano B” das eleições, inclusive com a possibilidade de apoiar um candidato de outro partido, já que “caiu a ficha” para todo petista de que os golpistas não deixarão Lula ser candidato as eleições presidenciais de 2018.

Essa entrevista saiu um dia após a presidenta do PT, a senadora Gleisi Hoffmann, gravar um vídeo dizendo que o partido irá mobilizar as suas bases para ir às ruas contra a prisão de Lula, levando até as últimas consequências a candidatura do principal dirigente político do PT.

A posição do governador do PT da Bahia mostra às claras porque o PT de conjunto não consegue reagir aos ataques dos golpistas, e sequer defender seu principal dirigente, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Enquanto uma ala se enfrenta com os golpistas, como a senadora Gleisi Hoffmann, o deputado Paulo Pimenta, o senador Lindberg Farias, tentando conclamar as bases do partido para se mobilizar, setores do PT preocupados com seus cargos e suas alianças com setores golpistas seguram o partido para que a direita possa bater com mais facilidade na esquerda.

Não dá para esquecer o golpe, não dá para virar a página do impeachment, essa atitude não vai diminuir a sanha golpista no Brasil, seus ataques ao povo brasileiro e ao próprio PT, pelo contrário. Na medida em que o PT colocar a defesa de Lula como coisa secundária, como fizeram com José Dirceu, Genoino, Delúbio, Vaccari etc., a direita vai se sentir mais forte para colocar o partido de conjunto na ilegalidade.

O golpe não é um simples episódio na vida política do país, o golpe é uma nova forma de controle do regime político pela direita e o imperialismo no Brasil. Sem lutar contra o golpe, não só Lula vai parar na cadeia, como toda a esquerda se verá ameaçada pela ditadura que os golpistas querem impor sobre o País.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas