Governador fascista: Doria é a favor do encarceramento em massa e da tortura nos presídios

Doria e Bozo

O caráter fascista de João Doria foi sistematicamente denunciado pelo Diário Causa Operária Online (DCO) desde que foi eleito, através da fraude, prefeito de SP e mais recentemente através da maior fraude eleitoral da história recente.

Doria hoje ocupa o governo do Estado e segue atacando todo e qualquer direito da população. Doria “quer espalhar 17 batalhões padrão ‘Rota’, a elite dos assassinos de farda, pelo Estado. Além desta medida assustadora, pretende ampliar o quadro dos policiais militares e promover uma guerra contra o ‘crime’, leia-se guerra contra a população pobre e em especial negra das periferias. Com Doria a Polícia terá, praticamente, licença para matar,  já que o próprio governador incita a violência contra a população pobre e negra sob a alcunha de crime.”

Ainda no campo de repressão… pretende criar outra organização policial, destinada… exclusivamente para proteger os latifundiários. A patrulha rural foi pensada para proteger os latifundiários, grileiros, especuladores e as multinacionais do setor agrícola dos pequenos camponeses, dos Trabalhadores rurais e sobretudo dos sem terra, esmagados pela grande propriedade. Uma espécie de jagunçagem profissional, mantida diretamente pelo Estado…”

Como parte de toda essa política repressiva e fascista, recentemente Doria vetou o projeto de lei (PL) 1.257/2014, que criava o Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura de São Paulo (CEPCT) e o Mecanismo Estadual de Prevenção e Combate à Tortura de São Paulo (MEPCT), o que deixa claro seu apoio uma vez mais ao grave problema da tortura e dos maus-tratos nos presídios. Portanto, é necessário exigir o Fora Doria! Que faz parte do Fora Bolsonaro e todos os golpistas!