Escola com ‘empreendedorismo’
Da série: imagina se fosse a esquerda… Google patrocina projeto nacional de iniciação em montar empresas e desenvolver ”soft skills”…E que tal Escola com Socialismo?
MPs fiscalizam escolas públicas do país para averiguar as instalações e o atendimento às crianças. Na foto, a Escola Municipal Professor Helena Lopes Abranches, em Gardênia Azul  (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Google vai as escolas fazer propaganda de ''empreendedorismo'' | Foto: Reprodução.

O projeto Startup in School (SiS) é um programa de iniciação em ”empreendedorismo tecnológico estudantil”, e promovido por uma ”consultoria de inovação social com foco em educação” chamada Ideias de Futuro, em uma parceria com o Google.

Segundo a propaganda do curso, o projeto estimula e capacita estudantes de todo o país a montarem empresas, desenvolvendo ”soft skills”, habilidades interpessoais numa tradução livre.

Doutrinação capitalista

Apoiado pelo Google desde 2015, o Startup in School teve mais de 3,6 mil alunos participantes em 222 escolas e 126 cidades. Em 2019, o programa deixou de ser apenas no estado de São Paulo e tornou-se nacional, com edições nas cinco regiões do Brasil, como Pernambuco, Paraná, Brasília,Rio de Janeiro e Tocantins.

A direita é rápida em denunciar as discussões políticas na escola como “doutrinação”, porém, quando a propaganda ideológica vem de uma capitalista, a situação muda. Neste caso, a iniciativa apoiada pela burguesia de formar uma espécie de ”educação empreendedora” é saudada pela imprensa tradicional, afinal, estão todos a serviço do capitalismo.

Dois pesos, duas medidas

Mas é preciso destacar a contradição do problema, pois a discussão sobre as doutrinações nas escolas não passam de um engodo para promover censura nos espaços escolares e acadêmicos, afinal de contas, imagine o escândalo que causaria se um projeto com o nome de ”educação socialista” começasse a se popularizar pelo país…

Isto evidentemente já não pode ocorrer pela perseguição da extrema-direita com políticas como Escola sem Partido, o que na verdade é apenas o Escola com Fascismo.

E se fosse a esquerda?

Colocando em termos práticos, e para não deixar mal entendidos, o que os capitalistas estão fazendo nas instituições de ensino, com dinheiro do Google, não é crime e nem deve ser, mas não custa ter imaginação e se perguntar, diante da situação política, e se fosse a esquerda?

Relacionadas