Fora imperialismo da Venezuela
A oposição golpista na Venezuela declarou que não participará das eleições parlamentares de dezembro, mais uma manobra com o intuito de derrubar o governo bolivariano de Maduro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
guaido
Golpista Juan Guaidó com Donald Trump. | Foto: Reprodução

Na Venezuela, o único país da América do Sul que não sofreu um golpe de Estado organizado pelo imperialismo, mais uma vez ocorrerão eleições parlamentares. Visto que a popularidade do presidente Maduro e do chavismo é alta, mais uma vez a oposição golpista vai boicotar as eleições como uma manobra para acusá-las de fraudadas. As tentativas de golpe não param na Venezuela e a luta se intensifica a ponto de ser possível um confronto militar com o objetivo de derrubar o governo bolivariano.

A oposição na Venezuela é golpista há pelo menos 18 anos, em 2002 uma tentativa de derrubar Hugo Chavez foi impedida pela grande mobilização popular. Com a vitória do povo as forças armadas expulsaram seus principais elementos pro imperialistas e o governo adotou a política de impulsionar milicias populares para defender o país. Mesmo assim as tentativas de golpe vem se tornando cada vez mais frequentes.

Nas ultimas eleições presidenciais por exemplo a oposição tentou realizar a mesma manobra de boicote para alegar que havia uma fraude, a realidade é que a direita é odiada pelo povo venezuelano e não tem nenhuma chance de vencer nas eleições. Contudo a oposição se dividiu e um de seus candidatos Henri Falcon concorreu e perdeu com uma imensa margem para Nícolas Maduro. Mesmo assim a imprensa imperialista como um todo se unificou para alegar que as eleições haviam sido fraudadas, sem nenhuma evidencia, centenas de observadores internacionais estavam presentes e seus relatórios indicam que não houve irregularidades no processo.

Depois disso os EUA escolheram um capacho disposto a vender sua pátria para se “auto proclamar” presidente, Juan Guaidó. Mais tentativas de golpe foram frustradas mas Guaidó ainda segue tentando derrubar o governo eleito, o próprio foi um dos articuladores da declaração da oposição de boicote às eleições que estão por vir. É um costume da direita golpista inventar fraudes eleitorais para derrubar os governos de esquerda, e não só isso, caso eles tenham exito e tomem o poder, organizam as maiores farsas eleitorais imagináveis, como foram as eleições de 2018 no Brasil em que o principal candidato da esquerda foi removido ilegalmente.

O imperialismo ataca a Venezuela de todas as formas possíveis, a ameaça de guerra com frotas navais próximas a seu litoral, coloca uma recompensa de 15 milhões de dólares pela “cabeça” de Maduro, financia ataques mercenários como os que aconteceram em maio deste ano, realiza bloqueios econômicos genocidas para destruir a economia do país na tentativa de atingir a popularidade do governo, usa seus lacaios como Bolsonaro e Duque (presidente da Colômbia) para exercer todo tipo de pressão no país e para participar de todas as tentativas de golpe contra Maduro.

Frente a essa ofensiva absurda a esquerda deve declarar apoio incondicional ao governo bolivariano de Maduro, qualquer vitória do imperialismo é uma derrotada para todos os povos da América Latina. Por outro lado qualquer vitória do povo brasileiro é uma derrota para o imperialismo e portanto também uma vitória para a Venezuela. É preciso derrubar Bolsonaro e todos os golpistas não só do Brasil como de todo o continente. Fora Bolsonaro, Guaidó, Duque, Moreno, Añez, Pinẽra, JOH e todos os golpistas! Por uma América Latina unida e socialista!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas