Golpistas resolvem devolver recursos retirados da Educação e do Esporte

376d705dda634a2fe4935d214fef9180

Da redação – Nesta quarta-feira, dia 1º, o Presidente golpista publicou a Medida Provisória nº 846/2018, tentando reverter a tragédia da Medida Provisória anterior, de nº 841/2018, que beneficiava o Fundo Nacional de Segurança Pública – FNSP, ligado às medidas repressivas do golpe, e que retirou milhões de recursos do Esporte, da Cultura e da Segurança Pública, a pedido do Ministro Raul Jungmann, da Segurança Pública.

Com o novo texto, R$ 1 bilhão voltam para a área da Segurança Pública, R$ 630 milhões para o Esporte e R$ 412 milhões para a Cultura, mas o orçamento do FNSP continua alto, por volta de R$ 16 bilhões, com previsão de chegar a R$ 43 bilhões em 2022. Ou seja, dinheiro para a repressão em detrimento da educação e do esporte.

Por isso, é necessário ficar atento e continuar tomando precauções para mobilizar a população e, assim, derrotar o golpe, acabando com as medidas de exploração do povo e as estratégias de repressão destas instituições antidemocráticas.