Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
covas
|

O prefeito golpista da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), decretou estado de emergência nesta manhã. A situação de caos total, levada a cabo exatamente pelos tucanos, saiu do controle e foi decretando estado de calamidade social.

Também foi determinada a criação de um comitê de crise para avaliar e tomar  as “medidas necessárias”, que será presidido por Covas, um completo absurdo se pensarmos um pouco sobre a situação. A crise do combustível foi gerada pelas ações de saque do patrimônio nacional, com a entrega da Petrobras e do barril de petróleo a preço de 1 refrigerante, ocorreu o aumento descontrolado dos preços pelos grandes capitalistas.

“A medida permite que a Prefeitura faça compras sem licitação, requisite ou apreenda bens privados, como por exemplo o combustível que esteja estocado em um posto. Também permite realizar gastos sem depender de empenho orçamentário”, informou a Prefeitura.

Caso o caos continue, a Prefeitura estuda decretar feriado municipal com estado de calamidade pública, informou por meio de nota.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas