Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Nessa quinta-feira (15-03), o presidente golpista dos Correios, o direitista Guilherme Campos do PSD (Partido Social Democrata), anunciou que 700 cidades do Brasil não terão mais o direito de receber correspondências simples todos os dias.

Segundo o golpista Guilherme Campos, o carteiro irá fazer a distribuição um dia sim outro não, o que significa que os golpistas oficializaram em sua ilegítima administração dentro dos Correios, a Empresa ineficiente e sem qualidade.

Os golpistas querem provar para a população brasileira, por um lado,  que o serviço dos Correios é ineficiente, antiquado, arcaico e que vai desaparecer, pois o povo já não quer mais saber de correspondência.

E por outro lado, que é preciso “reestruturar” a empresa cortando gastos para que a empresa não diminua seus supostos prejuízos, inventados por eles mesmos.

Na verdade, esses golpistas que assaltaram os poderes políticos no Brasil, após o impeachment fraudulento contra a presidenta Dilma Rousseff do PT, a exemplo do “vampiro” Michel Temer, são como gafanhotos na lavoura de milho, vem para destruir tudo.

Após destruírem os direitos dos trabalhadores, como o plano de saúde da categoria, os golpistas também estão atacando os direitos dos usuários dos Correios, cerceando o direito constitucional do brasileiro à correspondência, através do sucateamento da empresa, visando entregar o patrimônio do povo brasileiro, que é os Correios brasileiros nas mãos dos parasitas capitalistas do mercado postal.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas