Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
exercito caminhoneiros1
|

O governo golpista, após reunião do Palácio do Planalto, mandou decreto liberando o exército para desbloquear estradas à força contra os caminhoneiros grevistas que lutam exatamente contra os efeitos do golpe de Estado.

Diante da crise que se abriu no governo golpista, reflexo da proporção gigantesca que tomou a greve dos caminhoneiros (no seu 5º dia), somando o apoio da greve dos petroleiros pelo país, com a paralisações de ônibus, portos, aeroportos, taxistas e moto-taxistas, vans, empresas de diversas áreas, caos na produção e distribuição (nacional e internacional), bem como nos postos de gasolina por todo o país e etc…o governo decidiu usar mais uma vez seu braço armado golpista contra o povo.

O uso das Forças Armadas para a desobstrução das estradas começou forte nesta manhã e tarde como visto em vídeos pela rede. O golpista Temer, afirmou ao fim da reunião, que a situação saiu do controle, sendo assim, o governo usurpador precisaria mostrar à sociedade que há um poder constituído e que não vai tolerar abusos. O pronunciamento vem no sentido de dizer que foi feito um acordo com os sindicatos (fechado ontem quase de madrugada em desespero e às pressas), com a redução miserável de 10% no preço do diesel por 15 dias e que os caminhoneiros devem aceitar por bem ou por mal.

É frente a essa situação que os protestos continuaram hoje por todo o país, causando enormes perdas aos grandes capitalistas, e, por isso, a pressão sobre o grande bloco golpista da burguesia aumenta a cada minuto, levando agora à utilização da força militar. 

O presidente golpista Michel Temer deve fazer um pronunciamento a qualquer momento para falar sobre a greve e fazer uma avaliação da situação.

Vídeo do golpista Michel Temer acionando o Exército contra os grevistas:

 

Mais informações à seguir.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas