Golpistas intensificam perseguição ao PT: Haddad vira réu por lavagem de dinheiro e corrupção

haddad

Da redação – Um dos principais objetivos dos golpistas é destruir o Partido dos Trabalhadores (PT). Desde a época do Mensalão, a burguesia inciou uma perseguição gigantesca, de caráter inquisitório, contra o partido. Lideranças como Lula e Zé Dirceu foram presos.

Agora, o ex-prefeito e candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad, virou réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, com uma acusação totalmente sem provas, ao estilo do que foi feito com o ex-presidente Lula.

Isso demonstra que, nem com as vacilações de Haddad diante do golpe, a burguesia irá deixar o PT ter algum papel no novo regime que está surgindo com o decorrer do processo golpista.

Isso fica ainda mais claro com a tentativa de isolar politicamente o partido, criando uma nova “liderança” com a figura dos golpistas democráticos, como Ciro Gomes por exemplo.