Caminhoneiros paralisam contra diesel alto

temer_combustivel_greve-495x330

Os caminhoneiros protestaram contra o aumento do Diesel nesta segunda-feira (21), dia em que foi anunciada mais uma alta do valor nas refinarias. Na manhã de segunda-feira foram registrados atos em ao menos sete Estados: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Mas mesmo diante do cenário de caos provocado com a paralisação das grandes rodovias, o governo golpista anunciou novo aumento para o diesel e a gasolina. O aumento é o 11º nos últimos dezessete dias. O governo ilegítimo de Michel Temer consegue, não obstante a mutilação dos direitos dos trabalhadores e dos cidadãos em geral, aprofundar cada vez mais a crise financeira vivida pelo país.

Importante destacar que o tratamento dado pela imprensa golpista sobre a greve é outro. No governo Dilma a imprensa golpista fazia dramatizações diárias, agora mal se fala desta paralisação. A imprensa golpista, sobretudo a Rede Globo, apresenta o fato como algo ocasional e de pouca relevância. A mesma imprensa, que derrubou Dilma Rousseff e aplicou a “PEC da Morte” para os serviços públicos, se cala diante dos aumentos sucessivos dos combustíveis.

É preciso acompanhar de perto essa paralisação. É uma categoria de trabalhadores da pequena-burguesia, que detém seu próprio negócio, cada um deles. Também por isso fizeram a greve contra o governo do Partido dos Trabalhadores.

O aumento abusivo dos combustíveis é resultado da política entreguista dos golpistas que entregaram vários poços do pré-sal aos especuladores estrangeiros.