Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
temer_combustivel_greve-495x330
|

Os caminhoneiros protestaram contra o aumento do Diesel nesta segunda-feira (21), dia em que foi anunciada mais uma alta do valor nas refinarias. Na manhã de segunda-feira foram registrados atos em ao menos sete Estados: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul.

Mas mesmo diante do cenário de caos provocado com a paralisação das grandes rodovias, o governo golpista anunciou novo aumento para o diesel e a gasolina. O aumento é o 11º nos últimos dezessete dias. O governo ilegítimo de Michel Temer consegue, não obstante a mutilação dos direitos dos trabalhadores e dos cidadãos em geral, aprofundar cada vez mais a crise financeira vivida pelo país.

Importante destacar que o tratamento dado pela imprensa golpista sobre a greve é outro. No governo Dilma a imprensa golpista fazia dramatizações diárias, agora mal se fala desta paralisação. A imprensa golpista, sobretudo a Rede Globo, apresenta o fato como algo ocasional e de pouca relevância. A mesma imprensa, que derrubou Dilma Rousseff e aplicou a “PEC da Morte” para os serviços públicos, se cala diante dos aumentos sucessivos dos combustíveis.

É preciso acompanhar de perto essa paralisação. É uma categoria de trabalhadores da pequena-burguesia, que detém seu próprio negócio, cada um deles. Também por isso fizeram a greve contra o governo do Partido dos Trabalhadores.

O aumento abusivo dos combustíveis é resultado da política entreguista dos golpistas que entregaram vários poços do pré-sal aos especuladores estrangeiros.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas