Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
|

O golpista e diretor-geral da ANP (Agência Nacional do Petróleo) Décio Oddone, na abertura do novo leilão de áreas do Pré-sal, afirmou, na presença dos representante dos grandes monopólios imperialistas do Petróleo, que: “ninguém pensa em intervir e nem intervirá em nada. A formação de preços no país é livre e continuará livre”. Após essa “belas” palavras passaram ao leilão, onde efetivou-se o maior roubo ao povo brasileiro, nunca antes visto.  O leilão ocorrido nesta quinta-feira (07) no Rio de Janeiro, que ofertou quatro blocos de extração de petróleo, foi um crime; uma violência inaudita contra o país, ovacionado, no entanto, pela imprensa golpista.

Estimados em mais de 12 bilhões de barris de petróleo, três campos foram leiloados – um quarto não obteve lance – na 4ª Rodada de Licitações do Pré-sal. Assim, mais de 8 bilhões de barris de petróleo passaram para as garras das multinacionais imperialistas de graça. O preço médio “pago” pelas multinacionais por barril a ser extraído foi de incríveis R$ 0,26. Dos estimados 12,132 bilhões de barris a Petrobras obteve, com a regime de participação mínima, 3.999 bilhões, ou seja 33%, e pagou o maior valor de bônus do leilão (R$ 1 bilhão dos R$  3,150 arrecadados).

Os blocos entregues foram:

O Bloco Uirapuru, Bacia de Santos: arrematada por R $ 2,65 bilhões, o consórcio vencedor é composto por Petrobras (30%), Statoil Brasil O&G (28%), ExxonMobil Brasil (28%) e Petrogal Brasil (14%).

O Bloco dois irmãos,Bacia de Campos: arrematada por R $ 400 milhões, o consórcio vencedor a Petrobras (44%), NO Energy (30%) e Statoil Brasil O&G  (25%).

O Bloco Três Marias, Bacia de Santos: arrematada por R $ 100 milhões; teve como consórcio vencedor a Shell Brasil, (40%), Chevron Brasil (30%) e Petrobras  (30%).

O Bloco Itaimbezinho, na bacia de Campos: não teve interessado.

A Statoil e a Exxon controla agora 56% do importantíssimo campo de Uirapuru, tendo pago cerca de R$ 0,30 em cada um dos 7,8 bilhões de barris da reserva, o preço do barril hoje, para comparar, está em cerca de US$ 70. A imprensa capitalista brasileira teve a coragem de afirmar que o governo arrecadou R$ 3 bilhões com a venda dos campos, quando na verdade deu trilhões de dólares do povo brasileiro aos monopólios imperialistas. Um escárnio. A sordidez desta imprensa é indescritível.

Contudo, este fato mostra claramente uma das motivações fundamentais do golpe de Estado, ou seja, a necessidade do imperialismo de roubar a riqueza do Brasil. Mostra que o golpe foi, portanto, organizado fora do país. Mostra que o governo golpista está a serviço de países estrangeiros, agindo criminosamente contra a própria nação. Mostra que a burguesia brasileira, capacho do imperialismo, é inimiga do desenvolvimento nacional, é mesmo um empecilho a ele.

A classe operária brasileira por meio de suas organizações, como liderança de todos os setores oprimidos, deve chamar uma greve geral para derrubar esse governo criminoso que atua contra os interesses do povo brasileiro e contra todas instituições golpistas com ele mancomunadas. Greve geral por tempo indeterminado, revogação imediata de todas as medidas do governo golpista.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas