Golpistas entregam a produção de aviões ao imperialismo

An Embraer E-175 jet sits outside the factory in Sao Jose dos Campos

O governo golpista, em sua sanha de destruir todo o patrimônio econômico brasileiro, está destruindo a engenharia de aviação brasileira por meio da entrega de bandeja da Embraer para Boeing. Após a venda de praticamente toda a empresa nacional para o monopólio de aviação norte-americano, os golpistas estão entregando também todo o setor de engenharia da empresa, envolvido na produção de aviões. Tal fato, é denunciado pelo engenheiro aeronáutico Wagner Farias Rocha em uma audiência pública no Supremo tribunal federal, o STF.

O engenheiro denuncia que além do setor comercial vendido à Boeing, os golpistas estão entregando também o setor produtivo da empresa, os quais passariam ao controle integral da empresa norte-americana. Ou seja, os principais ativos da empresa brasileira estão sendo entregues ao monopólio estrangeiro de aviação. O engenheiro denuncia, por fim, que o pouco da Embraer que sobrará nas mãos do governo nacional não será capaz de dar seguimento a produção de aviões e, consequentemente, dar seguimento ao desenvolvimento da engenharia nacional.

Trata-se de um roubo em larga escala do patrimônio nacional. O engenheiro defende a capacidade e eficiência da industria nacional na produção de aviões, as qua estava competindo de igual para igual com a empresa norte-americana.

A política dos golpistas é de destruição da ciência e da tecnologia brasileira em prol dos interesses do imperialismo. Para derrotar essa política é necessário mobilizar a população contra o golpe de estado, contra a política de terra arrasada imposta pelos golpistas.