Golpistas dos Correios rebaixam os ganhos salariais dos motoristas da ECT
GREVE DE TRABALHADORES DOS CORREIOS NO RIO DE JANEIRO
Golpistas dos Correios rebaixam os ganhos salariais dos motoristas da ECT
GREVE DE TRABALHADORES DOS CORREIOS NO RIO DE JANEIRO

No dia 21 de Janeiro de 2019, Carlos Fortner, vice-presidente de Operações dos Correios, braço direito do golpista Gilberto Kassab do PSD (Partido Social Democrata), assinou um memorando retirando o Adicional de Atividade de Distribuição e Coleta (AADC) dos trabalhadores que ocupam o cargo de motorista operacional.

Usando um argumento administrativo e falso de que os trabalhadores motoristas não realizam rotineiramente atividade de distribuição de coleta de correspondências, os golpistas propõe cortar os já rebaixados salários desse setor da categoria.

Essa medida significa cortar quase 30% dos ganhos salariais de mais de mil trabalhadores dos Correios que hoje ocupam esse cargo, Um ataque que abre precedentes para que os golpistas da ECT aplique profundamente sua política de destruição dos direitos e benefícios de todos os trabalhadores ecetistas.

O AADC foi conquistado pela categoria depois de várias greves que reivindicavam o adicional de periculosidade e insalubridade para quem trabalhava nos Correios, principalmente para os trabalhadores que ficam expostos aos perigos decorrentes do trabalho externo na ECT. Portanto, nada mais justo que os motoristas, que estão expostos à assaltos aos perigos de acidentes de trânsito, quando estão fazendo o serviço externo recebam o AADC, que é uma variante do Adicional de periculosidade, uma reivindicação histórica de toda categoria.

É necessário que os trabalhadores se organizem contra os golpistas, através da formação de comitês de luta contra o golpe, levantando a palavra de ordem de Fora Bolsonaro e todos os golpistas e pela liberdade de Lula.  Os golpistas dos Correios estão na ECT  para acabar com os direitos dos trabalhadores e entregar a empresa aos grandes tubarões do mercado postal.