Siga o DCO nas redes sociais

Golpistas dos Correios querem jogar a culpa da sua incompetência nos trabalhadores
Golpistas dos Correios querem jogar a culpa da sua incompetência nos trabalhadores

Nesta sexta, dia 9, a direção golpista da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) publicou um boletim interno extra, Primeira Hora, dizendo que  a empresa está há três anos fechando seus balancetes no prejuízo, e que se os trabalhadores fizerem greve, como anunciada para o dia 12 de março,  pelo manutenção do seu plano de saúde, a situação vai piorar.

Os golpistas foram colocados para controlar a ECT com a missão de entregar esse patrimônio do povo brasileiro aos grandes capitalistas nacionais e internacionais, e para isso precisam aniquilar os direitos dos trabalhadores, como o plano de saúde da categoria, mas para isso, precisam que os trabalhadores aceitem esses ataques pacificamente.

Como o plano de saúde da categoria é o maior benefício que o trabalhador dos Correios possui,  a reação natural do trabalhador é a greve, que mesmo sob o controle de uma burocracia sindical servil aos golpistas, tende acontecer no dia 12, dia do julgamento do plano de saúde no TST (Tribunal Superior do Trabalho).

Os trabalhadores dos Correios não devem ficar no dilema de que se lutar o processo de privatização vai se intensificar diante da opinião pública, que supostamente ficaria revoltada com os trabalhadores grevistas, já que não receberam suas cartas e encomendas, segundo a versão falaciosa da direção golpista da ECT.

Na verdade, o atraso da entrega de correspondência e encomendas pelos correios é devido justamente a falta de luta, pois a direção golpista está conscientemente sucateando a ECT para jogar a população contra a empresa pública para poder entregá-la de bandeja sem contestação da população brasileira.