Golpistas dos Correios anunciam mais demissões

correios bsb

O governo golpista de Jair Bolsonaro, eleito presidente do País através de uma fraude eleitoral, anunciou várias vezes em campanha eleitoral que iria extinguir os Correios.

Trata-se de cumprir sua promessa aos grandes capitalistas, financiadores de sua eleição fraudada, de que continuará a obra do governo golpista anterior, o de entregar o patrimônio nacional e acabar com os poucos direitos dos trabalhadores.

Nos Correios, onde a empresa é controlada pelos golpistas, chefiada pelo general Juarez Aparecido de Paula Cunha, mal o governo de Bolsonaro começou e já estão para anunciar mais demissões, através do programa de desligamento voluntário (PDV).

As demissões foram anunciadas na imprensa golpista, através da revista Veja dessa semana, com o título “Correios já têm PDV pronto”.

Segundo a matéria da revista golpista, já na transição do governo golpista de Michel Temer para o governo golpista de Jair Bolsonaro, o Ministério do Planejamento deixou preparado para o novo governo um programa prontinho de demissões nos Correios.

A demissões nos Correios, como também em outras estatais, é preparação da destruição das empresas públicas, pois começam enxugando os gastos com recursos humanos nessas empresas, para ficar mais atraente aos capitalistas que vierem a assumir o negócio, e caso necessite de contratar mais trabalhadores, as contratações serão por tempo determinado, de forma precária, terceirizada, com salários bem mais rebaixados.

Nesse sentido os trabalhadores dos Correios terão pela frente a luta contra um novo golpista, mas com o mesmo programa, acabar com os Correios no Brasil. Por isso da necessidade da formação de comitês de luta contra o golpe nos Correios, Pelo Fora Bolsonaro e todos os golpistas! E pela Liberdade de Lula! Contra a privatização dos Correios.