Menu da Rede

Golpistas do governo Temer colocam 70 milhões no escuro para justificar privatização da Eletrobras

Tempo de Leitura: < 1

Publicidade

Em mais uma manobra selvagem para levar em frente o plano imperialista de privatização total de todos os setores da economia nacional, os golpistas promoveram um apagão que deixou todo o nordeste, e parte do norte, no escuro. A “falha” na rede elétrica atingiu cerca de 70 milhões de pessoas.

A mídia golpista divulgou uma versão confusa sobre o ocorrido, sem explicações detalhadas sobre o que teria acontecido para justificar uma falha desta magnitude. O próprio ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, demonstrou sua total ignorância sobre o assunto ao apontar, em um primeiro momento, uma falha em Belo Monte.

Quem denuncia e levanta a possibilidade da ação criminosa é o Coletivo Nacional dos Eletricitários (CNE), que clama por uma investigação técnica do que teria ocorrido, pois é realmente muito estranho que isso aconteça justamente no momento em que se coloca em pauta a privatização da Eletrobras.

O eletricitários denunciam também que a falha se deu no Bipolo 1 de Xingu, operando com um equipamento montado pela empresa chinesa State Grid, uma das grandes interessadas na privatização da energia brasileira.

Fica claro que os golpistas já abandonaram qualquer bom senso ao permitir que quase metade do país fique 1 dia inteiro no escuro, com hospitais, escolas, ruas e avenidas em situação crítica, justamente com o objetivo de vender um dos poucos patrimônios que ainda restam para o povo brasileiro. É preciso reagir e frear o golpe para que não tenhamos nossos recursos expropriados pela burguesia internacional.

Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

Clima de radicalização agita o Peru - O Mundo em 1 Hora (Reprise)

32 Visualizações 49 minutos Atrás

Watch Now

Send this to a friend