Golpistas desesperados: ultradireitista Partido Novo foi o sétimo a pedir a cassação de Lula

IMG_5233

Na última quinta-feira, dia 16, o reacionário Partido Novo acionou o TSE com mais um pedido liminar contra a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva para Presidência do Brasil. Foi a sétima ação judicial golpista pela impugnação da candidatura de Lula às eleições.

No pedido, a legenda direitista pede que Lula deixe de ser tratado como candidato no rádio e na TV, e também que não receba os recursos do fundo eleitoral.

A medida deste partido representante de banqueiros expressa que quanto mais o tempo passa, mais os golpistas dão sinais de que não irão recuar.

As organizações de operários e demais movimentos devem se levantar de maneira implacável contra mais este golpe que significa a retirada da candidatura de Lula para Presidente do Brasil.

Todas as pessoas com consciência da necessidade da luta contra o golpe devem formar comitês para alavancar a classe trabalhadora numa verdadeira rebelião popular, tirando ações práticas e levando para a rua a política revolucionária de liberdade para Lula, assim como ocupar Brasília novamente daqui algumas semanas, no dia do julgamento da candidatura de Lula (ainda por ser definido), como feito no último dia 15, onde uma multidão de mais de 40 mil pessoas se mobilizou em caravanas de todas as regiões do País em um grande ato pelo registro de sua candidatura, mas desta vez com dez vezes mais pessoas. Liberdade para Lula! Abaixo o golpe! Lula presidente!