Golpistas cortam R$ 1 bilhão em bolsas universitárias

kljl

Demonstrando a continuidade da política colocada diante do golpe de Estado, o massacre da educação no país a cada dia mais se aprofunda e deixa clara qual a perspectiva dos golpistas com esse avanço. Foi divulgado que o MEC (Ministério da Educação) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) sofreram com novos cortes orçamentário, desta vez, os golpistas estão promovendo um forte ataque as bolsas universitárias voltadas para pesquisa no país, com o novo corte, milhares de estudantes irão perder suas bolsas.

Com isso, a produção científica nacional, sofre um grande sucateamento, com recursos reduzidos para a manutenção de bolsas e propriamente dito o financiamento de pesquisas nas universidades. O que precisa ser destacado, é que esse é um duro ataque a produção cientifica no país, pois são as universidades públicas as maiores responsáveis por esse trabalho no país. Essa é a manobra feita pelos golpistas, o sucateamento. De todas as maneiras estão proferindo os ataques mais pérfidos contra a educação, desde colocar as universidades em situações insustentáveis até o corte extremo de recursos necessários ao seu mantimento, de fato colocar a situação de maneira tal qual insustentável para apontar a privatização como única solução.

Com o corte de 1 bilhão de reais em seu orçamento, o MCTI teve 25% reduzido agora com 3,3 bilhões do seu orçamento comum, o que se revelou – depois do corte- dentre um dos mais baixos nos últimos 12 anos. E isso já tem sido sentido duramente, o CNPq (O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) já iniciou a suspensão da concessão de bolsas no exterior por tempo indeterminado, sem contar que a partir desse momento, nenhum novo processo para que se obtenha a bolsa será aberto em um futuro próximo.

As afirmações é de que a situação é temporária e que isso também depende da recuperação econômica do país, situação que foi inteiramente criada pelos próprios golpistas que agora contingenciam todos os gastos de áreas como a da produção cientifica do país. Além da diminuição do investimento nas bolsas, já são várias as bolsas que foram congeladas, isso é  uma desculpa para retirar de uma vez o direito a mesma.

É preciso que todo o setor da comunidade universitária esteja organizada diante da luta contra o golpe, todos esses ataques que acontecem agora, são consequências do mesmo, por isso urge a organização dos estudantes e de todos os trabalhadores na derrota do golpe.