Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
fg128772
|

Neste último dia 24 de agosto foi celebrado o dia do soldado. A data é uma comemoração ao nascimento de Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias em 25 de agosto de 1803. Caxias é considerado o patrono do Exército brasileiro.

Para além do título e das pomposas homenagens feitas pelo alto comando do exército a Caxias, vale destacar o verdadeiro lado de sua história, como serviçal dos interesses das potências imperialistas, como a Inglaterra, na formação da aliança entre Brasil, Argentina e Uruguai na guerra contra o Paraguai. Antes desse fato, Caxias havia comandado as tropas imperiais contra as revoltas populares da Balaiada e da Revolução Farroupilha.

Uma das ações mais sanguinárias do comandante do Exercito Brasileiro durante a Guerra do Paraguai foi a intensificação do recrutamento obrigatório na guerra, utilizando-se dos negros nos campos de combate. A promessa era de alforria para os escravos que lutassem na batalha, a qual atendia somente aos interesses das potências europeias, da Inglaterra.

Cada latifundiário da época podia enviar 15 escravos para lutar no lugar de um de seus filhos brancos. O saldo da guerra foi o massacre de 100 mil negros nos campos de batalha. Do lado paraguaio, estima-se que 75% da populacho morreu em decorrência do combate.

A homenagem a Duque de Caxias faz jus ao atual momento político do País, onde após o golpe de Estado, todas as instituições se voltam para atender os interesses dos países imperialistas, como os EUA. O Exército e um dos carros chefes dessa política com seus generais servindo de capachos aos interesses norte-americanos, ameaçando constantemente o país com um novo golpe militar.

É necessário, mais do que nunca, mobilizar a população para derrotar os golpistas e impedir que um novo massacre contra a população pobre e negra do pais seja feito novamente por aqueles que deram o golpe, servindo aos interesses imperialistas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas