Siga o DCO nas redes sociais

Golpistas avançam na privatização dos Correios entregando o Banco Postal para as franquias
Golpistas avançam na privatização dos Correios entregando o Banco Postal para as franquias

Está cada dia mais difícil para os sindicalistas dos Correios da esquerda pequeno-burguesa, do PSTU, PSOL e grupos que circundam esses partidos, continuarem a defender que o governo de Temer não é golpista e se trata de um governo com os mesmos ataques que o governo de Dilma Rousseff do PT faria a categoria ecetista.

O governo do golpista de Michel Temer, através do golpista ministro das Ciências, Tecnologias, Inovações e Comunicação, Gilberto Kassab do PSD, acaba de publicar no Diário Oficial da União (DOU) que a ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) irá atuar em todas as aéreas de suas atividades através do serviço público e privado.

Isso significa que serão criadas imediatamente as empresas subsidiárias para transferir suas atividades para os parasitas capitalistas privados, provavelmente o que mais dá lucro, que hoje é o serviço de entregas de encomendas, sedex, malotes etc…

Quanto às agências dos Correios, que já atuavam de forma irregular como representantes bancários, primeiramente do Bradesco e agora do Banco do Brasil, através do Banco Postal, será feito também pelas Agências dos Correios Franquiadas (ACF).

As Agências dos Correios Franquiadas são  agências controladas por famílias, na sua maioria de deputados, senadores e políticos burgueses, que “conseguiram” o direito de explorar o serviço dos Correios por uma contrapartida miníma. Uma privatização parcial do serviço criada no final dos anos 80 pelo falecido político de direita da Bahia, Antônio Carlos Magalhães do DEM  (Toninho malvadeza).

Agora os golpistas entregaram o serviço de Banco Postal as franquias e provavelmente irão fechar várias agências, pois por trás de toda essas medidas golpistas, está a meta dos golpistas de demitirem mais de 20 mil trabalhadores dos Correios até o fim do ano, passando de 106 mil funcionários para 80 mil.

Cada vez mostra se mais urgente a formação de comitês de luta contra o golpe dentro dos Correios, sem derrubar o golpe, os golpistas, como Gilberto Kassab e Guilherme Campos do PSD (Partido Social Democrata ) transformarão os Correios em pó, e os trabalhadores juntos.