Golpista desesperado: Amôedo solta nota contra a liberdade constitucional de Lula

amoedo

Da redação – O golpista João Amôedo, candidato a presidência no último pleito fraudulento pelo Partido Novo, soltou uma nota sobre a decisão de Marco Aurélio Mello de soltar condenados em segunda instância seguindo a Constituição:

“Criminosos de todos os tipos, como políticos, empresários e outras pessoas que foram condenados por corrupção e desvios de dinheiro público, como Lula, não podem ser colocados em liberdade por uma decisão monocrática de um ministro, tomada no último dia de trabalho no Judiciário, para que não possa ir a plenário.

Os golpistas estão desesperados pois lutaram muito para prender Lula sem provas, criando todo um processo de perseguição ao PT, derrubando Dilma, para caçar os sindicatos, os partidos de esquerda e atacar todo o povo.