Golpista ACM Neto ameaça cortar salário de servidores de Salvador (BA)

servidores salvador

Os professores da rede municipal de ensino de Salvador, na Bahia, iniciaram uma greve contra os ataques do prefeito golpista Antônio Carlos Magalhães Neto, no dia 11 deste mês. A greve da categoria é uma resposta a política de arrocho salarial colocado em prática pelo golpista ACM Neto e outros desmandos nas escolas e em todo o funcionalismo público municipal da capital baiana.

Neste dia 16 houve uma paralisação de todos os servidores em apoio aos professores e indicando que não vão aceitar os ataques do prefeito playboy.

ACM Neto se nega a negociar com a categoria e ainda ataca os grevistas, ameaçando os servidores que entrarem em greve. Segundo o prefeito, odiado pela população de Salvador, quem não for trabalhar terá o ponto cortado.

Essas ameaças de ACM Neto estão intimamente ligadas com a situação política de golpe em que vive o país. A direita se sente à vontade para atacar os trabalhadores e é necessário lutar contra essa situação com uma greve de todo o funcionalismo municipal de Salvador para derrotar o mini golpista ACM Neto.