França
Ao contrário do que pensa a maior parte da esquerda, o golpe não foi derrotado com a mera eleição de Arce
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
MAS-Francia (1)
José Luis Martínez, coordenador do MAS na França | Foto: Prensa Latina
O coordenador do Movimento ao Socialismo (MAS) na França, José Luis Martínez, denunciou na últimas sexta-feira o golpe e as intenções de assassinato da extrema direita boliviana para impedir a posse do presidente eleito, Luis Arce.

 

Em entrevista à Prensa Latina, ele condenou o ataque de dinamite de ontem à noite contra a sede da campanha do grupo político na capital boliviana, onde estava Arce, e os apelos às Forças Armadas para repetir o golpe que derrubou o governo em novembro do então presidente constitucional, Evo Morales.

Vemos em curso um ataque à democracia, que não é só contra a Bolívia, mas também contra a América Latina e o mundo, depois de eleições reconhecidas por todos, nas quais o MAS levou mais de 20 pontos de vantagem, alertou.

Segundo Martínez, a comunidade internacional deve estar vigilante e disposta a condenar as reivindicações de setores da extrema direita a quem acusou de apelar à bíblia e à religião para estimular posições inconstitucionais.

O ativista alertou que a vida de Arce está em perigo com a violenta cruzada em curso, que tomará posse no domingo, acompanhada de uma ampla presença internacional.

Os inimigos da democracia não aceitam a clara derrota nas urnas, que já custou o sangue boliviano, destacou ao referir-se aos crimes cometidos pelos golpistas nos últimos meses.

Segundo Martínez, entre as motivações da extrema direita está a fuga da justiça, com base na possibilidade de os responsáveis pela violência serem responsabilizados por seus atos. O coordenador do MAS na França insistiu no argumento inválido de questionamento das últimas eleições, validado pelo Tribunal Supremo Eleitoral da Bolívia e por organizações e países do mundo.

Por isso é importante que estes ataques à democracia encontrem uma enérgica condenação no planeta, por sua ameaça à paz e ao progresso do povo boliviano, frisou.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas