Golpe no Haiti? Protestos contra a corrupção tomam conta das ruas no país

180707172738-haiti-protests-01-070716-full-169

Da redação – Alguns eventos que estão ocorrendo no Haiti levantam a hipótese de um golpe de estado do imperialismo no país. Protestos contra a corrupção, com bandeiras nacionais e extremamente agressivas tomaram conta do país.

Segundo a imprensa, 6 pessoas teriam sido mortas e dezenas teriam sido detidas pela polícia. A informação é oriunda da própria polícia, o que levanta a dúvida se os dados são reais ou não. Mas de qualquer forma, parece estarem usando isso para manobrar contra o atual governo.

Os protestos teriam haver com um esquema de corrupção bilionária ligada à aliança petrolífera (Petrocaribe) estabelecida entre os países do caribe e a Venezuela, que estimula a compra do petróleo venezuelano por estes países.

São manifestações ao estilo do que está ocorrendo na Venezuela e na Nicarágua, onde o imperialismo está estimulando manifestações extremamente violentas com setores supostamente nacionalistas e cuja corrupção é o tema central.

É preciso acompanhar. Mas tudo isso indica um golpe no Haiti para isolar a Venezuela. Há algumas semanas o imperialismo tem aumentado o boicote econômico contra o país. E a destruição do Petrocaribe seria uma forma de prejudicar ainda mais o comércio externo do país.

Na mesma linha política, criaram sanções em cima da exportação do ouro venezuelano e os bancos ingleses não aceitaram o pedido de repatriação da matéria prima, exigida pelo governo Maduro.

Um golpe no Haiti não seria algo estranho à situação política internacional. Nos últimos 10 anos, diversos golpes foram realizados no continente latino-americano como uma forma dos norte-americanos de controlam com maior ferocidade a situação política na região.