Golpe na soberania nacional: Aneel marca leilão para entrega da energia para dezembro

aneel leilão

Mais uma vez o regime golpista age contra os interesses do povo brasileiro ao entregar de bandeja o patrimônio nacional. Dessa vez a questão é a energia elétrica sob o controle da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que os golpistas pretendem vender para os monopólios imperialistas.

Dando sequência para a agenda neoliberal do governo golpista de Michel Temer, a direção da Aneel marcou para dezembro o leilão que pretende entregar a preço de banana a energia produzida no país. O leilão deverá ocorrer no dia 07 de dezembro desse ano e entregará a energia nos seguintes termos:  início em 1º de janeiro de 2019 e término em 31 de dezembro de 2020, para o leilão A-1 e início em 1º de janeiro de 2020 e término em 31 de dezembro de 2021, para o leilão A-2.

A decisão de realizar o leilão foi realizada através de uma portaria do Ministério de Minas e Energia (MME) e já foi publicada no Diário Oficial da União. Estes leilões tem como finalidade entregar a energia elétrica produzida no país para os monopólios estrangeiros a baixo custo para que eles realizem a venda dessa energia. Isso significa que o Estado brasileiro abre mão de arrecadar com a venda da energia em nome do lucro das empresas privadas que participarão do leilão. É mais uma entrega do patrimônio do povo brasileiro para encher os bolsos dos capitalistas, principalmente os estrangeiros, que controlam o governo e promovem a destruição da economia nacional.

Cabe ao conjunto daqueles que lutam contra o golpe combater a privatização da energia nacional que se disfarça nesses leilões e que só visam favorecer empresas imperialistas em detrimento dos interesses do povo brasileiro. Não à privatização, não à entrega das riquezas brasileiras!