Golpe na eleição: Lula pode ser impedido de aparecer como candidato no programa eleitoral

LULA / PT  ( ARQUIVO DIA 5/7)

Os golpistas já preparam o arsenal de ataques contra a candidatura do ex-presidente Lula, líder em todas as pesquisas, e que se encontra preso em Curitiba. Como não poderia deixar de ser, a direita golpista, passando por cima da legislação, quer impedir o ex-presidente e candidato do PT de aparecer durante o programa eleitoral gratuito na Televisão.

O artigo 16 da lei eleitoral, no entanto, afirma que mesmo com a candidatura sub judice (aguardando julgamento), o candidato pode participar de todos os atos da campanha, inclusive das propagandas publicitarias na TV.

Mesmo assim, os ministros do TSE (Supremo Tribunal Eleitoral), já declararam que Lula estará impedido de aparecer nos programas eleitorais de seu partido.

O caso demonstra, mais uma vez, que as eleições desse ano serão completamente antidemocráticas, serão marcadas pelo controle integral por parte dos golpistas, pela perseguição a esquerda e suas candidaturas.

Fica evidente que é um erro, sob tais condições arbitrárias, apostar todas as expectativas da luta dos trabalhadores e demais explorados no terreno eleitoral, ou seja, na ilusão de que a campanha desse ano será limpa e democrática, quando está se preparando uma farsa sem paralelos, para aprofundar o regime golpista, contra a maioria do povo brasileiro.

E necessário mobilizar a população contra o golpe e em defesa da liberdade de Lula e de seu direito legitimo de ser candidato. Somente a mobilização popular pode impor, de fato, uma derrota aos golpistas.