Golpe em MG: Pimentel é “julgado” no meio das eleições

Fernando-Damata-Pimentel

A caça às bruxas contra o PT está dada. Os candidatos mais populares do partido estão todos na mira dos TRE’s e do TSE. Pimentel vem sido perseguido desde o início do ano, os golpistas querem a qualquer custo tirar o petista do cargo de governador de Minas Gerais. Faltando um pouco mais de um mês para as eleições, a burguesia pretende impedir o petista de se lançar ao cargo de deputado federal pelo estado de Minas Gerais.

As eleições são um jogo de carta marcadas pela burguesia, e nessa mais do que nas outras, estão usando de todas as ferramentas possíveis para impugnar e impedir qualquer candidatura petista. Todos os principais candidatos do Partido dos Trabalhadores estão sendo processados, e o TSE impedindo que seja feita campanha de rua pelo país.

O TSE é usado pela burguesia para restringir ao máximo, e se possível impedir, as candidaturas de partidos de esquerda, praticamente impossibilitando a propaganda política nas ruas, principal meio de atuação da esquerda.

Quanto mais a crise política se aprofunda no país, mais as instituições burguesas tornam-se repressivas, perseguindo sistematicamente a esquerda e os trabalhadores.