Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

Centenas de golpistas e coxinhas manipulados durante a política de golpe de estado implementada pela burguesia nacional e internacional viralizaram as redes sociais com posts sobre o preço dos combustíveis durante o governo Lula.

Assim como muito bem demonstrou a escola de samba carioca Paraíso da Tuiuti, idiotas manipulados e exploradores manipuladores. Com a queda do governo petista de Dilma Roussef, o preço do petróleo explodiu, chegando o litro da gasolina a quase R$5,00, um aumento de de 29,54%.

Com tamanho aumento, o consumo diminuiu drasticamente e quase 30 mil trabalhadores frentistas foram demitidos em todo o Estado de São Paulo em 2017. Os números são da Fepospetro (Federação dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de São Paulo) que atribuem tamanha crise empregatícia à grande alta dos derivados de petróleo e a nova legislação trabalhista, em vigor desde novembro, com postos já contratando apenas por trabalho intermitente, ou seja, contratando apenas para cumprirem horas relativas aos momentos de pico e contratarem sem registro para pagarem menos.”Com base nas homologações do sindicato, as demissões estão perto de 30% do total de frentistas”, estima Luiz de Souza Arraes, presidente da Fepospetro.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas