Moralismo burguês
“Doleiro dos doleiros” implica donos da Globo entre os clientes de seus serviços em delação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
dario-messer
Doleiro teria revelado repasses à família Marinho | Reprodução / Blog do Esmael

Segundo depoimento do doleiro Dario Messer, em delação ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro (MPF-RJ) divulgado pela revista Veja, “em várias ocasiões” durante a década de 1990, quantias variando entre US$50 mil a US$300 mil foram entregues a membros da família Marinho.

Os repasses, segundo a delação, ocorriam com frequência de duas a três vezes por mês, na sede da Rede Globo, no Rio, onde eram recebidos por funcionários da empresa, que o repassariam a Irineu Roberto Marinho e José Roberto Marinho.

Dario Messer é apontado como “doleiro dos doleiros”, supostamente operador de uma rede de doleiros.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas