Lula Presidente
Presidenta do PT defende que as sentenças assinadas pela juíza posterior a Moro também devem ser anuladas
Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza sabatina de indicado ao cargo de conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), no biênio 2017/2019.

Em pronunciamento, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Gleisi Hoffmann | Foto: Reprodução
Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza sabatina de indicado ao cargo de conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), no biênio 2017/2019.

Em pronunciamento, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado
Gleisi Hoffmann | Foto: Reprodução

A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann, usou suas redes sociais neste domingo (7) defendendo que todas as sentenças proferidas contra o ex-presidente Lula, no âmbito da operação Lava Jato, devem ser anuladas, incluindo a sentença do sítio de Atibaia.

“Suspeição de Moro contamina todos processos em q ele atuou contra Lula, inclusive Atibaia, assinado pela juíza do copia-e-cola. É o q diz a lei. Querer anular só o caso triplex e manter Lula s/ direitos é chicana grossa. Igualará STF a Moro, lançando + descrédito s/ o Judiciário”, disse Gleisi.

Os ministros da 2ª Turma do STF devem analisar somente o caso da sentença expedida por Moro envolvendo o tríplex do Guarujá. Assim, a condenação de Lula no processo arbitrário do sítio de Atibaia persistirá.
Relacionadas
Send this to a friend