Muito pouco
Ministro do STF espera julgar, ainda nestre semestre, HC de Lula no caso do triplex. Vitória não o deixará elegível.
Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, concede entrevista.


Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Gilmar Mendes, ministro do STF. | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, concede entrevista.


Foto: Geraldo Magela/Agência Senado
Gilmar Mendes, ministro do STF. | Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou, em entrevista ao portal Jota, que espera julgar o habeas corpus de Lula no caso do triplex do Guarujá ainda no primeiro semestre deste ano. Mesmo que Gilmar e o restante do STF julguem procedente o pedido da defesa do ex-presidente, ele ainda estará inelegível devido à condenação no caso do sítio de Atibaia.

O que ocorre de fato é que Gilmar Mendes, está a aguardar os desdobramentos das movimentações populares que ocorrerão em 2021. Ele é tem a real noção de que a crise tende a aumentar e que as mobilizações das massas exigindo que Lula seja o presidente começarão a ocorrer. Para frear isto, Gilmar Mendes e o STF usarão este habeas corpus para tentar dar uma “cala a boca” na população, iludindo a ala mais liberal da esquerda pequeno-burguesa para que fique no aguardo de outra decisão favorável que dificilmente virá.

A única maneira possível para que Lula tenha de volta seus direitos políticos é através de uma intensa mobilização popular que não pare até que o Lula possa voltar a ser candidato.  Por isso, todos às ruas dia 27 de fevereiro. É dever de toda a classe a trabalhadora lutar pelos direitos de Lula, um perseguido político pela direita golpista e inimiga dos trabalhadores.

 

 

Relacionadas
Send this to a friend