Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
2da29a93-6024-4c62-a7f7-91a7657cb3ff
|

O Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes, prolongou por mais 60 dias o prazo para as investigações do inquérito contra os senadores tucanos Aécio Neves e Antônio Anastasia.

O pedido foi feito pelo delegado da Polícia Federal Marlon Cajado, que chefia as investigações instauradas com base na delação de ex-executivos da Odebrecht.

Segundo a Polícia Federal os prazos serão estendidos para que seja possível tomar o depoimento de Oswaldo Borges da Costa Filho, ex-presidente da CODEMIG (Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais), igualmente investigado no inquérito. Aécio é investigado em sete inquéritos e uma ação penal no STF.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas