Internacional
Uma das maiores personalidades da esquerda britânica critica eleições norte-americanas e diz que elas foram um golpe de estado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Anti-war activist and former British member of parliament George Galloway speaks at a rally against taking military action against Islamic State in Syria, outside Downing Street in London, November 28, 2015. REUTERS/Suzanne Plunkett - GF20000077606
George Galloway | Foto: Reprodução

O ex-membro da Coalisão Anti-guerra do Partido Trabalhista britânico e ex-líder do partido de esquerda britânico Respect, George Galloway, disse em entrevista que o que houve nas eleições dos Estados Unidos foi um golpe de estado contra a população.

Segundo Galloway, Trump nunca obteve de fato o poder nos EUA e que o golpe começou a ser tramado desde que ele chegou ao governo dos Estados Unidos. O político de esquerda também afirmou que não sente a mínima simpatia por Trump, mas que ele cumpria um papel determinado no governo dos EUA apenas por um tempo.

Galloway foi uma das personalidades britânicas que mais se empenharam na luta contra a guerra do Iraque, sendo expulso do Partido Trabalhista na época de Tony Blair por conta de suas posições.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas