General presidente dos Correios promete manter golpistas na direção ECT

general dos correios

No início do mês, o ministro golpista da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab do PSD (Partido Social Democrático), anunciou o novo presidente da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos), o general Juarez Aparecido de Paula Cunha.

General da reserva, Juarez substituirá o golpista Carlos Fortner, braço direito de Gilberto Kassab nos Correios, no entanto, o general presidente da ECT não dispensará os golpistas da direção da ECT.

Carlos Fortner foi convidado pessoalmente pelo general Juarez a continuar na direção da ECT, agora na função de VIOPE – Vice Presidente de Operações – o mesmo cargo que originou a crise do mensalão nos Correios, durante o governo do PT, quando o cargo era ocupado por Maurício Marinho, apadrinhado de Roberto Jefferson do PTB.

O golpista Carlos Fortner também cuidará da área comercial e de agências dos Correios, ou seja, do setor que está de vento e popa sendo desmontado pelos golpistas, com o fechamento de agências e a entrega do setor comercial para os grandes capitalistas internacional do mercado postal.

Essa mudança simplesmente significa que a política de privatização nos Correios continuará nas mãos dos golpistas, mas agora com o apoio das Forças Armadas, que usará a força bruta para impor a entrega do patrimônio nacional, que é os Correios, para os grandes capitalistas.

Somente a organização de comitês de luta contra o golpe dentro dos Correios, visando uma grande mobilização operária e popular contra os golpistas, será possível armar a categoria contra esse ataque contra a empresa pública e contra as condições de vida dos trabalhadores da ECT.