Entreguistas
General golpista quer militarizar os Correios para vender a empresa
floriano peixoto ect
Entreguistas
General golpista quer militarizar os Correios para vender a empresa
floriano peixoto ect

O general golpista Floriano Peixoto, braço direito de Jair Bolsonaro, nomeado por ele para presidir a ECT (Empresa Brasileira e Correios e Telégrafos), está substituindo a direção da empresa por militares da turma entreguista, militares que como Bolsonaro batem continência para a bandeira dos Estados Unidos.

Na direção central dos Correios, Floriano já demitiu os quatro diretores, relacionados a administração, operação e finanças, visando substituir os antigos diretores por militares ou pessoas de extremo capachismo, favoráveis à política de privatização dos Correios.

Nas diretorias regionais, também estão ocorrendo substituições dos antigos diretores por militares, que segundo os golpistas, vão ajudar o governo golpista e fraudulento de Jair Bolsonaro enxugar os gastos com a mão de obra da empresa, para facilitar sua “venda” (entrega) para o capital estrangeiro.

Somente a luta contra esse governo golpista pode barrar a ofensiva privatista da ECT, organizada por Bolsoanaro e militares lesa-pátria, somente a mobilização da categoria ecetista, e demais trabalhadores do país pelo Fora Bolsonaro pode levar os trabalhadores impedir a destruição do patrimônio nacional pelos fascistas instalados no governo fraudulento.

Como apoio a luta dos trabalhadores dos Correios, é preciso defender também a liberdade de Lula da delegacia Polícia Federal de Curitiba, pois a prisão de Lula fortalece a repressão da direita contra todos os trabalhadores, contra as organizações sindicais e populares, para impedir qualquer reação ao governo golpista de Jair Bolsonaro.